terça-feira, junho 09, 2009

O seu futuro é duvidoso?



Bem, acredito que o futuro de todas as pessoas – até daquelas que dizem ter alguma vidência – seja inusitado. Estamos sujeitos, todos os dias, aos mais variados tipos de surpresas, agradáveis ou não. Mas falemos de um futuro não tão distante, desses que virão nos próximos anos (2011, 2012, enfim). É claro que muitos de nós já projetamos a vida até lá: término de um curso pós-graduação, casamento, filhos, carro novo, ascensão profissional, mudança de cidade, estado, país e põe etcetera nisso.

E que tal testar o prazo de validade dos nossos sonhos e projeções? Pois é, é possível fazer isso virtualmente através de um sistema simples presente e um site já divulgado na internet. Retirei a dica do blog da Katiuscia Malafaia e resolvi trazer a brincadeira para os leitores do Mala Jornalística. O processo é simples: após o preenchimento deste formulário aqui, cada pessoa pode mandar um e-mail para si mesmo, escolhendo uma data futura para receber a mensagem. O interessante é dar o intervalo de alguns anos para que a experiência se torne mais surpreendente, ou não.

No começo achei a ideia simples e monstruosa, misteriosa e chata, inocente e aprimorada, mas depois acabei curiosa – ah, a curiosidade humana – pelos resultados. É claro que o futuro pode me trazer o descompasso entre a Isolda de hoje e a de amanhã; pode ser que sonhos fiquem pelo caminho, despedaçados; que maravilhas aconteçam de um dia para a noite. Nunca se sabe, mesmo!

Já estou me programando para mandar o e-mail, talvez faça isso nos próximos dias, como uma brincadeira séria. Caso achem interessante e tenham um tempinho no final de semana, no feriado que se aproxima, façam a experiência também. E não precisa ser projetando futuro não. Uma narrativa de como andam suas vidas hoje já seria suficiente para um comparativo, anos após, sob a linha tênue da mudança para melhor e para pior. Desejo um futuro que exceda as boas expectativas de todos e do nosso mundo, que, aliás, anda bem castigado.

(Original publicado em 19.09.009)

Nenhum comentário: