segunda-feira, março 08, 2010

O silêncio, sábio, de Téo Vilela

O ano é eleitoral e esse barulho todo em torno de um só tema, o pleito de outubro, era de se esperar. Lançamentos de pré-candidaturas fadadas ao fracasso – por egocentrismo, talvez – já estão sendo feitos e desfeitos, indicações que submergem do nada, amputações políticas, enfim. Tudo começa a acontecer efusivamente, mas, para mim, nada tem feito tanta zoada quanto o silêncio do governador Teotônio Vilela Filho (PSDB).

Téo Vilela tem agido com uma prudência que beira o sangue frio. Comentar candidatura? Apenas depois das convenções partidárias, em junho – desconversa o chefe do Executivo estadual, sempre que indagado. Quem olha superficialmente pode concluir que o governador se acovarda, foge da raia, porém, são nesses detalhes que vejo o tucano se agigantar. Leiam os sites, os jornais, ouçam nas rádios: o “chapão” se estapeia, Téo inaugura obra; o “frentão” disputa a indicação de vice-lideranças, Téo aluga a cadeira do governo, estrategicamente, a uma desembargadora no Dia Internacional da Mulher. E, sem perceber, todos vão dançando ao som da música que ele toca. Nem que seja um pouquinho.

Sim, o governador tem seus calos e eles estão nas ruas; os mais expostos na seara da segurança pública e da educação. Honestamente, nunca se protestou tanto: da porta do Palácio República dos Palmares à porta do próprio Teotônio. Seriam pontos trágicos na administração dele, caso não fossem remediáveis. E dizem os esclarecidos no assunto que o caos é reversível e tudo tem o seu tempo. Aguarde quem quiser.

É claro que eu não sei o final dessa história – nem desejaria esse dom. O que vejo agora é que Vilela mantém uma distância higiênica do vozerio eleitoral antecipado e por isso mesmo não tem sujado suas mãos. Pelo menos ainda não.

Os sábios não dizem o que sabem, os tolos não sabem o que dizem.
(Provérbio oriental
)

Imagem: Isolda Herculano.

4 comentários:

Cadu Epifânio disse...

Realmente, Isolda...adorei o texto. O silêncio de Téo incomoda muita gente, enquanto isso....

Rafael Belo disse...

Político malandro haaha ótimo texto Is. Este esta seguindo a cartilha de Maquiavel será? hehe deve ser leitura recente
beijos querida bela.

Rafael Belo disse...

Político malandro haaha ótimo texto Is. Este esta seguindo a cartilha de Maquiavel será? hehe deve ser leitura recente
beijos querida bela.

Jamylle Bezerra disse...

Ótima análise Isolda.

Beijo